Ideias inovadoras, condições favoráveis e soluções criativas. Essas são características essenciais para que um projeto dê certo.

Mas, para isso, é fundamental tirar os planos da gaveta e colocá-los em prática, o que nem sempre acontece pela ausência de motivação e pela procrastinação de profissionais e empreendedores.

Ainda que muita gente tenha excelentes ideias para criarem novos negócios ou mesmo aperfeiçoarem seus empreendimentos, ainda assim fazem da procrastinação um mal crônico, o que as impede de lucrar mais e expandir a atuação no mercado.

Saiba, agora, como identificar se você tem adiado a realização de planos promissores para seu negócio e entenda como superar a inatividade:

  • O primeiro passo é identificar porque você tem adiado suas ações. Muitas vezes a procrastinação esconde insegurança, medo de arriscar, de falhar ou mesmo o perfeccionismo. Avaliar esses sentimentos e identificar suas motivações vai ajudá-lo a fortalecer suas iniciativas.
  • Planeje um cronograma de ações para que as tarefas sejam realizadas em partes e dentro de um prazo. Muitas vezes por desorganização ou sem entender como começar algo, as pessoas deixam seus projetos de lado por acreditarem que são complexos demais. A dica é fazer listas de tarefas a médio, longo e curto prazo (como atividades do dia). Essas listas são formas de não se perder no tempo, inclusive para quem tem grandes projetos, nem deixar que sejam criados gargalos nos processos de execução.
  • Não evite ou interrompa uma parte do processo por que você a considera chata. Obviamente há processos que nos identificamos mais e outros menos. Ainda assim, muita gente deixa de fazer algo grande porque há uma atividade envolvida que pode ser mais estressante. Encare o processo ou terceirize a função caso julgue conveniente, mas não interrompa o fluxo de execução.
  • Complementando as dicas anteriores, um passo importante para evitar a lentidão ou estagnação de processos é o monitoramento dos prazos e acompanhamento das tarefas. Uma vez planejadas e organizadas em listas, verifique se tudo tem sido feito dentro do prazo combinado e a qualidade de cada uma dessas etapas. Ajuste o cronograma caso seja necessário para manter o progresso.
  • Esteja consciente que o maior prejudicado da procrastinação é você, que fica com seu projeto guardado na gaveta e perde oportunidades de crescimento. Acredite nas suas habilidades, confie no planejamento que for desenhado e arregace as mangas para começar a concretizar!

Essas são dicas que podem ajudá-lo a parar de procrastinar e agilizar a execução dos seus projetos. Após planejar, fazer orçamentos e se organizar, não há motivos para interromper seus processos e perder oportunidades.

Com a gestão dos processos e do seu tempo, de forma consciente, você evita que as tarefas sejam realizadas de última hora, o que compromete a qualidade e o sucesso dos resultados.

Agora, queremos saber suas experiências com a procrastinação. Você tem deixado seus projetos na gaveta? Como você combate a lentidão nos processos do seu negócio? Conte para a gente e vamos construir soluções para esses problemas!