Hoje em dia ter um site é mais do que ter um cartão de visitas da sua empresa na internet e, mais também do que simplesmente marcar presença online. Um endereço digital eficiente pode ser uma ótima forma de atrair novos clientes e conseguir boas oportunidades. Mas, para isso, você precisa aplicar boas técnicas SEO para site e alavancar sua posição no Google. 

Se você ainda não está familiarizado com o assunto, já te explico: SEO significa Search Engine Optimization, ou em bom português, otimização para mecanismos de busca.
Essas são técnicas que visam melhorar o desempenho do seu site para que ele apareça, de forma orgânica e não necessariamente paga, nos primeiros resultados de pesquisa em páginas de busca como o Google. 

Essas estratégias são essenciais para que seu conteúdo e sua marca ganhe visibilidade, acessos e consiga converter essa procura em oportunidades de venda

Ficou curioso em como fazer isso no seu site? Vamos mostrar alguns pontos desse processo.

 

Focando no que realmente importa

Primeiro você precisa saber que as técnicas de SEO são várias. Algumas delas se relacionam com a produção do conteúdo para o site, que envolvem:

  • conteúdo de qualidade, original e relevante;
  • uso de palavras-chave;
  • hierarquização de informações;
  • meta-descrição;
  • otimização de imagens.

Esses são exemplos de técnicas, baseadas no Inbound Marketing, que podem ajudar na otimização do seu site por meio do conteúdo criado. 

Porém, existem outras variáveis que se relacionam diretamente com o desenvolvimento do seu site, ou seja, com a estrutura da página onde estes conteúdos irão circular.

 

Entendendo o SEO para site

Deixe de lado a ideia de que um site que vende é só um site bonito. Obviamente a estética da sua página conta muito. Mas, antes disso, leve em consideração outros fatores:

  • Experiência do usuário
    • É preciso ter foco na experiência do usuário (UX), criando um ambiente com design satisfatório para navegar. Os sites precisam ser mais intuitivos, menos carregados de informações, com títulos objetivos e com navegação prática.
  • Responsividade
    • Um site amigável aos diversos dispositivos eletrônicos tem mais chances de ranquear no Google. As versões para desktop, tablets e smartphones precisam ser todas adaptadas para oferecer uma boa experiência ao seu cliente.
  • Velocidade 
    • Sites leves são mais bem-vistos pelos usuários e pelo Google. Utilize imagens em boa resolução mas que não sejam pesadas e priorize servidores de hospedagem que sejam ágeis. Um site que demora para carregar, mesmo que seja poucos segundos, perde um número considerável de cliques.
  • Chamadas para ações estratégicas
    • Utilize com sabedoria os famosos CTA (call to action, ou, chamada para ações). Sites cheios de banners, pop-ups e outras chamadas muitos invasivas podem atrapalhar.
      Saiba posicionar e criar essas chamadas no momento adequado de navegação do usuário, sem querer empurrar um produto a todo custo ao cliente.

 

Essas variáveis ajudam diretamente no ranqueamento do seu conteúdo. Além disso, elas interferem no tempo de permanência do usuário no seu site, um fator que o Google leva em consideração na hora de apresentar os resultados de busca. 

Essas são as principais dicas de SEO para site. Mas, lembre-se que esses procedimentos vão além dos tópicos levantados e exigem uma atualização constante para acompanhar as mudanças dos algoritmos de pesquisa.

Se você gostou desse conteúdo, leia mais também sobre as mentiras contadas sobre ranqueamento nas páginas do Google.